O Pata Negra brasileiro

Da última vez que estive em Nova York fomos a um bar de tapas no East Village, chamado Pata Negra. Muito legal! Pequenininho (6 mesas, talvez), com uma bela carta de vinhos e umas tapas deliciosas. Dai, quando vi em Curitiba um restaurante chamado tambem Pata Negra, fiquei louca de vontade de conhecer. Minha esperança era que fosse um restaurante espanhol que servisse algo a mais que paella.

Pra começar em termos de espaço, ele não tem nada a ver com o de Nova York. É grande, tem mesas na calçada e uma decoração meio “over”: paredes de tijolinho, candelabros de ferro, vestidos dependurados, cabeças de touros, enfim, algo meio desorganizado, mas nem por isso desinteressante.

 

A carta de vinhos é limitada, os tempranillos espanhois são caríssimos, terminamos tomando um pinot noir chileno. No cardápio, felizmente, tinha mais coisas alem da paella. Comemos uma carne gostosíssima, acompanhada por um risoto de brócolis que estava delicioso.

O restaurante fica na Praça Espanha, um lugar muito agradável, que tem uma feirinha de antiguidades nas tardes dos sábados. Vale a pena um passeio para fazer a digestão.

 

 

O Bar do Alemão em Curitiba

Semana passada estive em Curitiba e procurando um lugar interessante para comer acabamos indo ao Bar do Alemão, no Centro Histórico. Para ser uma choperia o lugar é relativamente pequeno e prá completar, como estava chovendo, uma multidão de espremia na parte interna do Bar. De qualquer maneira é um bar com aquelas características de decoração que se supõe se “tipicamente” alemã: madeira escura nas mesas, vigas idem no teto, fotos de cidades alemãs e daí prá frente.

A comida é também aquela “típica”: salsichas, chucrutes, saladas de batata. O ponto alto mesmo é o chope submarino. Eles servem uma caneca de chope (daquelas “típicas”) e dentro dela vem uma canequinha com steinhagen. Isso mesmo, dentro do chope, o steinhagen. Assim, ó:

Não é interessante? O problema é que não dá prá sair tomando canecas e canecas de chope, sob pena de sair carregado. A vantagem é que voce leva a canequinha prá casa. Não é fofo?