Brechós em São Paulo

Para quem visita (ou mora em) São Paulo e gosta de comprar em brechós (eu AMO!), tai uma lista dos melhores, segundo indicação de Najila Dib: http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/1105202-estilista-najla-dib-indica-bons-brechos-em-sp.shtml

1. CAPRICHO À TOA
“Fica em uma discreta viela na rua Heitor Penteado. Vende bijuterias, roupas femininas e masculinas, acessórios e itens para casa. Os preços vão de R$ 6, uma regata, a R$ 200, uma calça de marca.”

R. Heitor Penteado, 1.096, casa 8, Perdizes, região oeste, tel. 2137-5926.

2. BRECHÓ XODÓ
“Vende peças de grifes famosas e desconhecidas, por isso os preços variam de R$ 5 a R$ 700. Destaco os jeans e as camisetas. Também tem sapatos de marcas como Fernando Pires e Daslu.”

R. Dr. Albuquerque Lins, 322, Santa Cecília, região central, tel. 3661-3470.

3. À LA GARÇONNE
“A ambientação de móveis, objetos e arquitetura te leva ao passado. Tem roupas femininas, com destaque para as peças com brilho, bordadas e de couro. Há também variedade de artigos masculinos e infantis. Vale a visita!”

R. João Moura, 395, Pinheiros, região oeste, tel. 2364-3280.

4. B.LUXO
“Tem muitas peças dos anos 1980, de marcas desconhecidas e grifes famosas, e acessórios. Há camisetas, jaquetas, vestidos de paetê e peças de lurex. Os preços vão de R$ 10 para bijuterias a R$ 500 para peças bordadas.”

R. Augusta, 2.393, Jardins, região oeste, tel. 3062-6479.

5. CAMARIM
“Faz compra, venda e troca de roupas, sapatos, bolsas, cintos e bijuterias. Tem cerca de 30 mil peças à venda e outras para locação. O lugar vende marcas como Chanel, Prada, Versace, Gucci e Valentino. O preço vai de R$ 20 a R$ 200.”

R. Antônio de Macedo Soares, 1.554, Campo Belo, região sul, tel. 5543-5304.

Um bar de tapas em Vila Madalena

Desde que fui comer uma feijoada no Pé de Manga que eu estava de olho no Venga!, restaurante espanhol que fica na mesma simpática pracinha da Vila Madalena. Neste fim de semana fomos lá.

O Venga! é na verdade um bar de tapas, com um cardápio cheio de coisas que pareciam deliciosas. O espaço é interessante, com uma “barra” enorme e algumas mesas espalhadas nas varandas.

Como era hora do almoço resolvemos pedir uma das poucas opções de comida em maior quantidade. É assim, o cardápio de tapas é enorme e de pratos servidos no “almuerzo” é um cartazinho com 3 ou 4 opções. A chuleta, nossa primeira opção, não tinha mais (segundo o garçon, as que tinham foram devolvidas pelo chef porque eram muito duras), então pedimos a paella marinara, uma paella somente de frutos do mar. E estava mesmo deliciosa!

Mas o grande barato desse bar são as sangrias. Feitas na sua frente (se voce estiver no balcão, claro), elas podem ser de vinho tinto, branco ou um rosé espumante. Uma delícia que pode lhe deixar completamente “borracho”.

Bom, agora preciso voltar lá para provar umas quantas tapas que “marquei” no cardápio.

Ele fica na Rua Delfina, 196 – Vila Madalena